Pílula anticoncepcional, o vilão das mulheres

Ola Pessoal!!

Hoje o tema saúde e bem estar está totalmente direcionado as mulheres que usam pilulas anticoncepcionais, vem saber mais sobre esse medicamento e seus pontos não favoráveis a nossa saúde!

Constatou-se que as pílulas anticoncepcionais causam diversos efeitos colaterais que podem levar até a morte!

anticoncepcional-pilula-dia-seguinte

Anticoncepcionais são hormônios em sua maioria não isomoleculares (ou bioidênticos), ou seja, não têm a mesma estrutura química que os hormônios produzidos pelo seu próprio corpo e, por esse motivo, não podem ter exatamente os mesmos efeitos que os hormônios fabricados pelo seu organismo, já que não são produzidos por você!

De forma prática, o uso das progestinas dos anticoncepcionais na mulher:

  1. Inibe a produção de progesterona, pelo seu próprio organismo;
  2. Substituem nos receptores a progesterona por progestina;
  3. Reduzem a produção de vários hormônios que viriam da progesterona, como testosterona, estradiol e até cortisol, também causando a redução do DHEA que, “sozinho”, tenta repor a falta de progesterona e acaba “exausto”.

De acordo com o Dr. Ícaro Alcântara, especialista em Homeopatia e pós-graduado em Estratégia Ortomolecular, com o uso de anticoncepcionais, a mulher acaba com carências importantes de progesterona (que é um hormônio vital) intoxicada por progestinas e carente de vários hormônios importantes. Assim, ao longo do tempo, desenvolve uma série de efeitos colaterais parecidos com uma “TPM constante”, seguida de problemas de desempenho mental/emocional, humor, cansaço, mal funcionamento da ‪‎tireoide, ganho de peso, inchaço, má circulação sanguínea, baixa libido, dificuldade de ganho de massa muscular, dentre tantos outros.

57307936-2-160919_L

São centenas de sintomas e doenças que podem ser causados ou agravados pelo uso de anticoncepcionais. “Muitos dos efeitos causados pelo uso de anticoncepcionais aparecem a médio ou a longo prazo. E é aí que se encontra o perigo, pois muitas mulheres não associam os sintomas e doenças que vão surgindo com o uso do anticoncepcional e, por isso, continuam tomando”, completa o Dr. Ícaro.

O médico explica que não existem “anticoncepcionais fraquinhos” e que, por isso, teoricamente fariam menos mal no fim das contas. A natureza é tão sábia que a progesterona fica dentro do organismo no máximo durante 48h, sendo então inativada/destruída, de forma que seu corpo controla bem sua ação; Já as progestinas podem ficar meses dentro de você e por isso o acúmulo delas acaba por trazer sintomas, invariáveis. “Qualquer anticoncepcional que libere hormônios, possivelmente causa reações negativas. Seja o DIU/SIU hormonal (‪Mirena e cia.), seja o anel vaginal (Nuvaring e cia.), o implante (Implanon e cia.) e, é claro, as pílulas anticoncepcionais”, alerta o Dr. Ícaro. Ou seja, não é correto afirmar que em caso de DIU ou anel hormonal, o hormônio não se espalha na corrente sanguínea, pois, com o tempo a quantidade de hormônio que vai para o sangue, é transportada por todo o organismo, chegando até ao cérebro e causando sintomas.

Alimentação saudável, prática esportiva, consumo de água regularmente e outras atitudes que promovam qualidade de vida são fundamentais para mulheres que utilizam pílulas anticoncepcionais. A ausência de hábitos saudáveis pode potencializar os efeitos negativos oriundos dos anticoncepcionais, pois o paciente passa a sofrer os efeitos do desequilíbrio hormonal.

 O médico

 O Dr. Ícaro Alves Alcântara é graduado em Medicina pela Universidade de Brasília – UNB, especialista em Homeopatia pela Associação Médico Homeopática Brasileira e pós-graduado em Estratégia Ortomolecular. Já atendeu mais de 30 mil pacientes e, além de clinicar, ministra palestras e cursos em todo o Brasil sobre saúde e “medicina do estilo de vida”: Um conceito ainda novo no Brasil, que tem como principal objetivo a promoção da qualidade de vida e da saúde por meio da adoção de hábitos e atitudes simples.

FONTE: AG1 COMUNICAÇÃO INTEGRADA

Comments

COMENTÁRIOS

12 thoughts on “Pílula anticoncepcional, o vilão das mulheres

  1. Alana disse:

    Muito interessante esse artigo, já tinha ouvido falar que o anticoncepcional não era bom pra nós mulheres, mas não sabia que era tão ruim assim, gostei muito de saber! bju pati 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *